All content @ by Franklin Nolla

Interpretar as nuvens.

Sem pieguice ou saudosismo , após uma  conversa com a minha mulher,  comecei a refletir sobre o tempo em que eu era um jovem que passava alguns minutos da minha vida , só olhando para as nuvens. Naquela época o céu parecia ser mais baixo e eu via muitas nuvens. Aguardava elas se formarem e aglutinarem dando formas de  pessoas , animais e tudo que a minha imaginação permitia,  dentro dos meus parcos conhecimentos de um jovem  sonhador. Era muito bom. Hoje, já adulto e mais velho, quero  fazer isso de novo . Ainda desejo ver muitas coisas nas nuvens, coisa difícil de se fazer nos céus de uma metrópole como São Paulo, onde habitam muitos pássaros de ferro , postes e gambiarras de fios por toda a parte, sem falar em balas perdidas e outras coisas mais. É isso.

foto-Franklin Nolla.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s