All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Bola

A dona da vóz .A garra e a fibra de Elza Soares.

“Olha aí , ai  o meu guri…oóoorrrggghhhlha aí… é o meu guri.”

Na semana passada , fui jantar no Sesc Pinheiros e ao sair apareceu um cara que me ofereceu um ingresso grátis para um show que iria começar nos próximos 5 minutos. Lá estava ela, a figura pequena e ao mesmo tempo grandiosa da veterana cantora Elza Soares. No primeiro momento que soltou a vóz , as caixas de som estremeceram. A platéia ficou atônita e ao final da música uma explosão de palmas em gol,  que  o genial Garrincha (foi marido da Elza) fazia brincando. Eu vi o gênio da bola jogar no Pacaembu  . Eu acompanhei o drama dos dois quando ele se separou da sua primeira  mulher  ( gerou um monte de filhas)  para ficar com a Elzinha. Na época , acho que  anos sessenta, o país inteiro caiu de “pau” sobre ela. Imagine um cara se separar da mulher com uma “penca”de filhas para casar com uma novata cantora de samba. Ela comeu o “pão que o diabo amassou”. A imprensa caiu matando em cima dela. Eu mesmo, um moleque , fiz chacota com a vida dos dois. Não tinha uma pessoa que os defendesse. Para a “família brasileira”, Elza era uma p… que havia arruinado a vida do grande Garrincha, da família, das filhas e  etc………Anos se passaram  e   a verdade viria a tona, ao mostrar o grande alcoólatra, Garrincha,  que havia perdido a vida para a cachaça. Uma tragédia dupla para a Elza , a perda do Mané Garrincha e do Garrinchinha  , único filho do jogador com  ela  ,que veio falecer aos 8 anos  em um acidente de automóvel após visitar o túmulo do pai….

O tempo passou…o ostracismo chegou …. e finalmente a grande cantora deu a volta por cima. Deu uma “palha” na música “Língua” no disco do Caetano Veloso e foi o ínicio do ressurgimento da polemica cantora…. É muito bacana ver um bando de jovens e de cinquentões na platéia , ovacionando e aplaudindo de pé , a performance da senhora cantora ou cantora senhora, que passou a maior parte do show  sentada por causa de uma cirurgia na coluna. Ela cantou rap, samba, Mpb, jazz e como não poderia deixar de ser, músicas das escolas de samba do Rio de Janeiro. Foi um Carnaval na platéia. Entre uma pausa nas músicas, ela disse que Deus havia brindado-a com cordas vocais iguais a de um contrabaixo. Eu ratifico plenamente , porque é impressionante o alcance da vóz rouca e grave da “fabulosa” Elza. De quebra, uma aparição de uma  cantora paraense,  Gabi Amaranto, que  cantou duas músicas e foi se juntar a dona da vóz , a grande artista, na apoteose final  do show .

Picture by Odeon/Google

BE-elzasoares

Anúncios

A bola cai no cesto ou não?

Se for arremessada pelo American Dream Team de basketball, sim, com certeza. Se for arremessada pela seleção brasileira de basquete,  não. O que me leva a crer nisso?  Simplesmente o complexo de “Viralatas”. Os atletas olimpicos brasileiros estão pecando pelo complexo de inferioridade , titubeando e vacilando na hora decisiva nas competições esportivas ante os rivais americanos , europeus e asiaticos, sem falar nos “muchachos”  mexicanos que humilharam  os “pipoqueiros” brasileiros no futebol. Tudo por causa de uma mentalidade de país colonizado que acha bacana e bonito tudo o que vem do exterior.  Historicamente fomos colonizados pelos portugueses e colonizados culturalmente depois pelos franceses e ingleses e mais recentemente pelos americanos.Será  que os “chinas” começarão a imperar por aqui também? O Comitê Olimpico Brasileiro gastou uma fortuna nessa Olimpiada e o resultado foi pífio, vigésimo segundo  lugar. A Australia  investiu a mesma quantia e ficou com a décima colocação. Como pode?  São seres superiores a nós?  São superatletas superdotados ? Nada disso . Simplesmente eles apostam na educação esportiva junto com a educação formal, investindo nas escolas públicas , onde as crianças  desenvolvem o conhecimento, a cultura e o esporte. Se  houver investimentos maciços e mudanças na política esportiva brasileira, agregando-a `as  escolas,  desde o ensino fundamental ,  teremos campeões em todas as áreas. “Educação sim , Corrupção  não”, esse é o mote que dá certo. Infelizmente prepare o bolso, porque você vai pagar a conta da Copa do Mundo de Futebol  e da Olimpiada e  esportivamente , o Brasil do jeito que vai, não vai ganhar nada.

picture by Franklin Nolla.


A disputa pelo “mico” praticamente acabou.

Eu já estava cheio desse assunto da  bajulação da mídia esportiva,  de babas -ovos,  no caso do ex -jogador de futebol Ronaldo Gaúcho. Quem disse  a palavra  “ex”   foi o jornalista Flávio Prado, um dos poucos com  consciência que enxergou o absurdo da contemplação  e espaço aberto pela mídia  em relação ao leilão feito pelos tolos clubes que quiseram contratá-lo. Parece que tudo leva a crer que o Flamengo vai levar o “mico” para a Gávea.  Azar do Fla que vai gastar uma nota e não vai ter nenhum resultado. Esse malabarista da bola, tipo Globetrotter, não joga para a equipe,  só faz firula que não resolve nada. Vocês podem falar que eu não entendo nada de futebol, mas se quiserem ver um post antigo de antes da Copa de Futebol  na África do Sul, eu já previa o fracasso da seleção do Dunga, ao afastar a dupla Ganso -Neimar do seu “mágico” time. Voltando aos dias de hoje , o melhor de tudo é que agora o cara vai sair da mídia e os  jornalistas vão para de puxar o saco desses ex-fracassados jogadores da seleção brasileira. Vamos ver até quando ?……  Será que o Kaká vai ser o próximo?…..

 Sem foto- o mico foi pro Rio.