All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Charme

Enjoy your life. Curta a sua vida.

Essa imagem é uma das minhas favoritas. Ela é auto-explicativa para demonstrar felicidade. A vida para essa moça é bela. E é com essa imagem que eu quero saudar todos os meus leitores e desejar um ótimo fim de semana para vocês. Viva la vida..

Picture by Franklin Nolla- NYC.


Flor de Lyz.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na fila do caixa do supermercado , estava eu aguardando pacientemente a minha vez, quando comecei a perceber duas mulheres, a mãe – por volta de 65 e a filha – tipo 35 anos, ambas bem bonitas, conversavam  a respeito da capa da Veja dessa semana, onde tem essa foto incrível da Elisabeth Taylor. A mãe explicava que naquela época não se usava botóx, restilene, cirurgia plástica e outros artifícios para embelezar uma mulher. Era tudo ao “natural”. Maquiagem , pó- de- arroz e batom . Já era suficiente para deixar uma mulher bonita. Aí entra o bicão em cena. ” Já não se faz mais mulher como antigamente”. Bem , as duas me fuzilaram com um olhar de desprezo. Corrigi imediatamente a gafe que eu havia cometido, sorrindo “No cinema mundial, já não existem mulheres tão bonitas e glamurosas como as de  antigamente”. Daí o papo rolou. Engatei uma conversa sobre as divas do cinema nos anos 40, 50 e 60, enquanto a moça do caixa trocava a bobina de papel da caixa registradora. Por pouco tempo relembrei a Cleópatra maravilhosa interpretada por Lyz Taylor, quando eu  ainda era   jovem ,  tinha a esperança de vê-la seminua na telona ( bobagens de adolescente ). A senhora e eu começamos a desenrolar as musas do cinema. Eu fui de Brigitte Bardot, Sophia Loren, Claudia Cardinale, Gina Lollobrigida.. e ela de Ava Gardner, Katherine Hepburn, Joan Crawford , Leslie Caron e algumas  unanimidades como Audrey Hepburn , Jane Fonda e Marilyn Monroe. A filha curiosa, só sorria, com cara de quem não estava acostumada com esses nomes. De repente.. “senhor, quer nota fiscal paulista” . Cortou o barato. Paguei a conta e  fui para casa jantar…..

Em tempo. Lyz Taylor foi desfilar seus lindos olhos (e que olhos) , para outras pessoas que já não estão mais aqui .

foto – Google.


Degustando o nectar dos deuses.

A seleção brasileira de futebol é “freguesa ” da seleção francesa. Faz 19 anos que não ganhamos deles. Quem sabe um dia ,esses ridículos que nos representam, tenham vergonha na cara e acabem com esse tabu grotesco. Já a seleção francesa de vinhos é praticamente imbatível em todos os quesitos, principalmente a qualidade. Como exemplo, cito os pequenos produtores do vale do Loire. As vinícolas tem as “maisons”  de degustação mais charmosas e bonitas que eu visitei. A Domaine de Valdition é uma delas. Tem uma bela adega, um balcão para degustação de óleo de oliva e um bocado de delicatessens espalhados por mesas e prateleiras, aguçando a vontade de comprar e experimentar tudo. É  só se deixar levar pelo modo de vida da Provence e curtir cada minuto passado nesse  simpático  ambiente.Vale a pena bebericar e jogar conversa fora. Difícil é pegar a estrada depois de algumas horas de puro deleite.

fotos:Franklin Nolla.


Gordes. A cidade Superb.

Este é o último post da minha viagem `a França. Para encerrar com chave de ouro, a cidade escolhida e  por coincidência cronológica também, é  Gordes. O “creme de la creme”. Para quem chega pela estrada , a visão das construções no alto da colina é estupenda. No topo  da cidade há uma rotonda  (rotatória) que é o centro . Olhe para a direita-ateliers de pintura e mini-galerias de arte. Olhe para a esquerda-uma apetitosa boulangerie. Olhe para a frente- uma bela igreja cristã. Olhe para trás-simpáticos bistrós. No meio de tudo isso- gente bonita. Criatividade, cultura  e charme são as essências dessa cidade.  Vejam as imagens abaixo.

 

Aqui vale um comentário. As pessoas  estão sentadas em uma laje circular projetada sobre um abismo de no mínimo 100 metros de altura. Que mêda, mas é muito legal.

Bem …… um dos melhores prazeres da vida são os doces , principalmente o das patisseries francesas.  Esses são simplesmente de dar água na boca.  O  meu anjinho do bem me deixou comer apenas dois …. prá quem tem colesterol alto…. tá de bom tamanho.

Uma dica-  A cidade é citada no filme ” Um bom ano ” de Ridley Scott,  rodado na Provence e estrelado por Russel Crowe e a talentosa e bonita Marion Coutrillard. Vale a pena ver e apreciar a beleza da grand maison e das vinhas da região do Luberon……..

Santé….

Adieu France…

fotos – Franklin Nolla.


Roussilon, uma cidade toda em terracota.

Como pode essa foto….

virar essa…

Roussilon é  uma cidade de uma mesma cor. Lá você constrói uma casa e vai buscar os pigmentos de pintura  na natureza,  a menos de 500 mts de sua casa. Isso faz  com que ela seja simplesmente  a única no sul da França. Andando por lá você nota todos os matizes e variações que sua imaginação permite dentro do mesmo tema, o terracota. Para os arquitetos e decoradores deve ser  pirante,( não precisa  tomar LSD), tamanha é  a beleza e o visual do lugar. Dezenas  de ateliers de pinturas  e lojinhas de artesanato, que vendem  os pigmentos já preparados, contribuem para a beleza e o charme da pequena cidade incrustada nos morros do contraforte da cadeia de montanhas  do Luberon. O barato é  que essas cores mediterrâneas  estão bem longe do mar,  se ele  estivesse ali,  nossa,  o lugar seria imbativel. Agora dá uma espiada na cor que rolou no meu prato de almoço.

Terracota né.

fotos-Franklin Nolla.


Dentro do mundo dos perfumes.

Foi uma breve visita a Molinard. Uma pena. Vruuum para a Galimard.

Na Galimard , os mestres e assistentes perfumeiros  atendem o público com  o intuito de desenvolver um perfume personalizado para quem  quiser pagar uma determinada quantia  e usufruir de um atendimento nota 10 na escolha da melhor fragrância. O  objetivo total é  de lhe agradar. O mestre começa perguntando qual é o tipo de odor da sua preferencia e vai adicionando pouco a pouco as notas das essências que combinam com a sua personalidade. É um vaievem de perguntas e  respostas e alquimias até que o seu perfume, que tem nome e número, fica pronto. Depois o perfume tem que descansar por uma serie de dias até que tenha a maturação necessária para poder ser utilizado. Aí é só  usar e abafar.

Já no Brasil você vai em uma festa e alguém pergunta- Que perfume é esse que  você está  usando?  Vc responde- É da minha grife…. feito em Grasse…

Chique, né…

 

Parfum Grecco.

fotos- Franklin Nolla.

 

 


Bormes Les Mimosas é o máximo. (com mais fotos)

A minha jornada de trabalho começou bem cedo , saindo de Aix em direção a Cannes. Alugamos um carro, a melhor maneira de conhecer o sul da França, e fomos pela route nacionale até avistarmos o mar na  região du Var,  guinamos para o interior e fomos para Bormes Les Mimosas, uma cidadezinha muito charmosa e bonita. Comecei o trabalho lá,  mas o quero contar são as minhas sensações e o  prazer de estar em um lugar incrível, cheio de atrações e de gente bonita. Os franceses e os turistas convivem em plena harmonia usufruindo a magia que envolve a cidade.Tudo é de extremo bom gosto. Lojas, restaurantes, bistrôs, ateliers de arte, pórticos, balcões, varandas, flores, muitas flores, especialmente as mimosas, tornam o ambiente bucólico e hospitaleiro. A vontade que dá é de ficar lá por vários dias, só curtindo e se deliciando com as boulangeries, patisseries e os agradáveis bistrôs. Mas como tudo que é bom dura pouco, por volta do meio dia tive que pegar a autoroute de novo e  seguir viagem para novas locações e novas fotos. Agora o que serve de bálsamo  é poder ouvir o cd do Henri Salvador cantando a doce canção  Bormes les Mimosas e rever as fotos….. olhar pausadamente …. e sonhar…. sonhar  em voltar para Bormes Les Mimosas.

fotos-Franklin Nolla.