All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Dinheiro

Beautiful Planet. Beleza de Planeta.

 

18.vale verde.Ladakh.India Judiado, Devastado, Poluído. Em  processo de extermínio, com clima que gera catástrofes e muitas palavras negativas  a mais que eu nem consigo lembrar, mas  para mim o que vale  mesmo é que o pequeno planeta  é o Senhor do Universo, a jóia rara e maravilhosa , a  Terra, o planeta azul  que me comove . Eu peço a ajuda de Deus que me dê saúde , um pouco de  grana e  mais um razoável tempo de vida, de lucidez , de boa locomoção,  para que eu possa   ainda ver as maravilhas da natureza  que estão se extinguindo devido a  ganância e a ignorância  de muitos  imbecis  que infelizmente  destroem  esse lindo planeta…

Do jeito que as coisas estão, só resta correr e conhecer antes que acabe.

Picture by Franklin Nolla- Norte da Índia/Ladhak/Himalayas


Nem os Superheróis salvam Wall Street.

Nesse artigo, estou colocando o  meu modo de sentir Manhattan nas duas visitas que fiz a New York ao longo de duas  décadas. A primeira vez que estive lá, lembro-me bem que era na época das eleições presidenciais que elegeram Bill Clinton, mais precisamente no tempo que o candidato a presidência estava envolvido com o escândalo  Monica Lewinski. O império ianque estava no auge com muita riqueza e poder. A minha sensação ao ver Wall Street  foi grandiosa. A escala de tamanho dos edifícios era monumental, comparada a um dos  edifícios  mais alto de São Paulo, o Italia. Tudo era super, grande , pujante, com americanos circulando pelas ruas na hora do almoço.Isso denotava  que haviam americanos trabalhando. A cidade tinha “glamour”.  Pessoas  altas, bonitas e elegantes circulavam pela quinta avenida. A big Apple funcionava a todo vapor. Boas memórias do passado.

E hoje? Acho que fui contaminado pela crise econômica. Os prédios já não são fora de escala. A altura dos edifícios não mais me impressiona. As torres gêmeas que eram referência de altura, não mais existem. As pessoas nas ruas são baixas, tristes e mal vestidas. A língua dominante é o Espanhol . Ao redor de Wall Street fala-se todos os idiomas, menos o Inglês. Virou capital mundial dos estrangeiros naturalizados ou ilegais. A grana tá curta. A economia,  engessada. A crise veio para ficar. Para os brasileiros, NYC é um sonho, uma beleza, porque dá para comprar muito mais do que aqui com a mesma quantidade de dinheiro. No comercio só se vê coreanos, chineses , russos, ucranianos e cucarachos. Nos bancos e grandes corporações, idem. O americano deixou os trabalhos menores e mais pesados para os estrangeiros, só que esqueceram que os estrangeiros também podem galgar a empregos mais sofisticados e mais rentáveis. O resultado disso >  Desemprego.

Com essa crise, o Superman e seus amigos não podem fazer nada. Correm o risco de perderem os respectivos empregos.

Se quiserem entender a crise econômica de 2008 até hoje , vejam os filmes: “Trabalho interno”  documentário de Charles Ferguson, “Capitalismo: Uma história de amor” doc de Michael Moore e Margin Call- O dia antes do fim” de J.C.Chandor.

Picture by Franklin Nolla.


Já pensou se o Itaquerão fosse aqui?

 

 

 

 

 

 

 

Não tenho nada contra o estádio do  Corinthians ser em Itaquera. Acho que vai ser muito bom para desenvolver  a região e torço para isso. Mas, cá prá nós, seria um grande barato se fosse ao lado do cartão postal de São Paulo, a Ponte Estaiada. Já que se vai gastar uma puta grana para fazer o estádio, a prefeitura que sempre dá um jeitinho, podia desapropriar algumas áreas perto desses campos de futebol e ceder para a maior torcida de São Paulo se deleitar com um belo campo pertinho da marginal do rio Pinheiros. Querer é poder.

foto- Maluco Beleza, ops, eu.

 


Ei Maria Bethania. Também quero din-din.

A  “mana” do Caetano obteve uma polpuda verba de Um milhão e trezentos mil reais  do Minc- Ministério da Educação- para produzir um blog com vídeos sobre poesias. Desse montante, a cantora baiana vai embolsar seiscentos mil reais para fazer a direção artística dos vídeos. Legal né. Afinal de contas quantos vídeos ou filmes ela já dirigiu?. Como ela consegue fácilmente a grana??????

Eu faço uma convocação a todos os “mortais”  blogueiros e videomakers  que escrevem ou dirigem filmes  sobre artes em geral,  a reinvidicarem  ao Minc, uma verba qualquer para seus projetos. Dúvido que consigam. Mas no Brasil, se você tiver acesso a políticos e lobbistas, e mediante generosidades , tudo é possível. Esse é, infelizmente, o fiel retrato de um país atrasado e corrupto que ainda em determinadas áreas não atingiu o índice de honestidade e seriedade dos países mais desenvolvidos.

Que vergonha!

Até tu…..Bethania?

foto do quindim de coco do Minc (para poucos) —- Franklin Nolla.