All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Mt Everest

Os sons do céu. Sky sounds.

Essa é a banda que toca mais alto na Terra. Totalmente surreal.  Estavam tocando músicas tibetanas a 4.600 mts de altitude quando eu voltava do Mt. Everest. Estava eu andando isolado na trilha quando de repente apareceram essas “ets” batendo tambores e cantando mantras tibetanos. Após a performance musical mais alta do mundo, passaram um chapéu pedindo  uma grana. Foi a gorjeta mais “alta” que eu dei na minha vida.  Com essa imagem acima das nuvens,  quero brindar com vocês o novo ano que está chegando.

FELIZ 2012 PARA TODOS. HAPPY NEW YEAR.

Muito obrigado por terem visitado o meu blog. Thank you for having visited my blog.

Picture by Franklin Nolla .

ps- Essa simples foto foi muito marcante para mim na ocasião do trekking ao Campo Base do Monte Everest- Nepal. Foi um dia feliz e  de glória.

Anúncios

Nas magníficas montanhas do Senhor.

  Coincidentemente, hoje 22/04/2011,  honramos a Paixão de Cristo e o dia mundial do Planeta Terra. Uma data triste  e uma data memorável  para os cristãos e para toda a humanidade. Para homenagear a ambos, escolhi uma foto tirada da ISS -Estação Espacial Internacional que mostra o platô Tibetano e mais precisamente no centro o Monte Everest ,( na frente das nuvens), reinando soberano acima das maiores montanhas da Terra. Acima dele, só o reino do Senhor.Essa foto é da NASA, tirada  com uma potente teleobjetiva no ano de 2004 – foto Terra/Nasa.

Já a foto abaixo, foi tirada por mim ,  em 2005, a quase 6 mil metros de altura. Estava no Mt Pumori, um dos 5 maiores do mundo para clicar o soberano Mt Everest. Já era no final do dia e as nuvens impediam a visão da enorme montanha e aí milagrosamente elas baixaram um pouco e pude vislumbrar toda a beleza de Chomonlugma ( mãe deusa Terra em Tibetano), 2 minutos antes do pôr-do-sol. A temperatura beirava os 20 graus negativos e  os meus pés estavam quase a ponto de congelar.Movimentos   e pulinhos  para lá e para cá impediam temporariamente o desastre. O meu guia, Manoel Morgado pedia que abandonássemos a montanha antes do cair da noite por motivo de segurança e eu insistentemente pedia que esperasse um pouco mais, até o último raio do sol parar de iluminar o ponto mais alto do Planeta. Valeu a pena insistir.

Essa é a minha singela homenagem ao Senhor e a nossa querida  mãe Terra.

foto- Franklin Nolla/Estúdio Franklin Nolla.


Prá dizer adeus.

Desde menino, tenho sempre uma indagação. Por que só os bons morrem?  Ditadores, canalhas, corruptos,bandidos, pulhas e outros que tais, difícilmente morrem. Estão aí só  para atazanar a vida das pessoas de bem.Hoje foi embora o ex vice-presidente José de Alencar,  uma pessoa equilibrada que mantinha  sempre o  bom humor apesar da doença terrível que o consumia. Uma pena.

A foto escolhida para ilustrar esse breve comentário, é a do memorial da trilha do monte Everest, local de homenagens e reverência as vitimas da montanha mais alta do mundo e das montanhas adjacentes .Lá está Babu Giri, o maior recordista dos que se aventuraram a escalar o cume . Também se reverencia a Scott Fischer , alpinista morto citado no livro “No ar rarefeito” de John Krakauer e deve estar lá também a alpinista sherpa Pemba que foi  a última nepalesa a atingir o cume no final do século passado . Na ocasião que fiz a trilha, ela me deu algumas dicas valiosas de como sofrer menos na difícil caminhada. No decorrer da viagem fui guiado pelo Manoel Morgado e aí as coisas  se tornaram  mais fáceis.

Para chegar ao memorial, sofri  um bocado em uma interminável subida, mas a recompensa foi  uma visão maravilhosa da cadeia de montanhas dos Himalayas.

Beleza pura.


O meu click do Everest.

Graças ao Manoel Morgado, que me levou em segurança perto dos 6 mil metros de altitude,  consegui clicar essa foto.Obrigado por me proporcionar esse maravilhoso visual. Para mim, essa montanha e os seus arredores são os locais mais bonitos do planeta.

foto- Franklin Nolla.


No topo do mundo.

É com grande satisfação que parabenizo o meu guia de montanha e amigo Manoel Morgado e sua mulher Andrea Cordona, por terem chegado ao cume do Mt Everest, 8.844 mts, no dia 17 de maio de 2010, tornando-se ele  o oitavo brasileiro a pisar no topo do mundo e ela a primeira mulher da America Central a conseguir tal façanha.É realmente um marco excepcional. As dificuldades para se conseguir tal proeza são muito grandes. Se vocês puderem assistir aos documentários do Discovery Channel  sobre o Everest terão uma  breve idéia do inferno que eles passaram. Bravo Manoel, Bravo Andrea. Felicidades.

Para acompanhar o relato da escalada, clique no link   www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/15