All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “São Paulo

A minha Manhattan Paulista.

Manhattan PaulistaEssa foto vai ser histórica. Tenho a certeza que daqui a 10 anos , a região de Pinheiros estará desenvolvida como o centro de Manhattan , principalmente no eixo da avenida Faria Lima. O metro quadrado construído já é um dos mais valorizados de São Paulo. Em pouco tempo será o lugar mais caro da cidade. Nasci aqui em uma casinha bem  modesta e  que em breve será engolida e posta abaixo devido a expansão imobiliária. Uma pena. Eu vi o desaparecimento do antigo Mercado de Pinheiros, que perto da sua entrada principal abrigava um bebedouro de água para cavalos,  em forma de  taça de vinho, onde eu ficava apreciando os animais com suas respectivas carroças. Vi o fim do antigo Largo da Batata, lugar de concentração de vários estabelecimentos com  galpões repletos de batatas até o teto. O  meu pai ia  visitar os amigos batateiros e ganhava  sacos de 5 quilos do alimento ,  que fazia a delícia do meu almoço e jantar , com o  feijão com  arroz , bife  e  batata  frita. Vi o fim dos bondes elétricos que faziam a volta no Largo dos Pinheiros e retornavam para o centro da cidade.Vi o fim dos ônibus elétricos. Vi o fim da Cooperativa Agrícola de Cotia, uma potência no mercado  de hortifrutigranjeiros que foi para o brejo em uma crise vertiginosa e inacreditável. Também presenciei o nascimento da avenida Faria Lima, o impulso imobiliário dado pela construção do Sesc Pinheiros e o enfim …ufa.. ínicio do serviço de Metro no bairro e que agora aguardo ansiosamente o final das obras de revitalização do Largo da Batata e do baixo Pinheiros e que verei, se Deus quiser, o nascimento da minha Manhattan Pinheirense. O Brasil cresce,  São Paulo cresce , Pinheiros cresce. Para onde eu vou?  Como dizia o meu avô… “Vou morar no mato”…

Ps: Agradeço aos persistentes leitores por terem prestigiado o meu blog em um longo período de turbulências com muitas crises , muitos dissabores e finalmente com muitas soluções.Obrigado.

Picture by Franklin Nolla.


Aqui é onde São Paulo mais enriquece.

Se voce prestar atenção nessa foto, irá contar pelo menos 10 prédios em construção. O lugar é o Tatuapé /Jardim Anália Franco na zona leste da cidade de São Paulo. A quantidade de novos ricos faz o bairro crescer  economicamente e eleva cada vez mais o metro quadrado das novas edificações. A  concentração de carrões em um só lugar é impressionante. Faz uma semana eu fui atender uma cliente no local e era dia do rodízio municipal de restrição ao uso de automóveis no centro expandido da cidade de São Paulo. Terminei o trabalho as 19.30 hs e fui dar um “rolê” na região para aguardar as 20.00 hs (liberação do rodízio). Entrei em uma loja de carros importados e fiquei babando com a quantidade de Ferraris , Lamborghinis , Porsches,  Mercedes, Maseratis e etc…. Os vendedores estavam realocando os veículos para o fechamento  da loja e a maioria deles estava com as portas e os capôs dos motores abertos. Foi um barato sentar dentro de dois  deles e ouvir o ronco bravo  dos motores. Essa sensação onírica é bem marcada no universo dos pobres e  da classe média. Ao ficar 15 minutos dentro da loja,  o estranhamento  de estar nesse mundo dos poderosos já não existia mais; estava ma adaptando  ao novo meio sem fazer parte dele. Ao retornar ao estacionamento e pagar o ticket, rapidamente caí na real e fiquei feliz da vida quando o manobrista trouxe o meu carrinho popular , muito querido, para me levar com segurança para a minha casa no outro lado da cidade.

Picture by Franklin Nolla – Daqui a 5 anos, todas as casinhas sucumbirão e os prédios tomarão conta da paisagem, mostrando que essa fotografia será histórica.


“God Save the Queen”.

No próximo sábado, dia 02/06/2012, começam em Londres , Inglaterra , as festividades de celebração do Jubileu de Diamantes que comemora os 6o anos de reinado da Rainha Elisabeth II .  Todo o mundo já sabe ou vai ficar sabendo….. Para mim é  um evento marcante , pois me sinto como uma testemunha ocular da História, ao fotografar  na década de 70,  a Rainha Elisabeth II  e o Duque Philip  de Edimburgo, nas escadarias do Masp, Museu de Arte de São Paulo, em uma visita oficial ao Brasil.Essas  fotos e negativos , infelizmente se perderam  no  jornal de Porto Alegre, Correio do Povo  , que foi vendido para o bispo Edir Macedo, cujo representante  não sabe o que  aconteceu com o acervo iconográfico do jornal. Uma pena! Na época eu era um garotão  free-lancer que fazia coberturas fotográficas para a a sucursal paulista do jornal gaúcho e que infantilmente  bobeei a não tirar cópias para a posteridade. Coisas  da juventude de um iniciante no jornalismo.

Picture by Google.


A “Big Apple” Paulistana.

A quarta feira foi insana para a maioria dos que vivem em São Paulo. Tudo por causa de uma greve imbecil dos metroviários. A cidade parou. O prejuízo foi enorme. Mas, para mim foi um dia bom. Vi a cidade toda de cima, sentado em uma” cadeira voadora “. Superei o receio de um novo sobrevôo.  Estava abalado com os últimos acidentes aéreos.  O destino quis que fosse assim. Milhares sofrendo com o caos estabelecido. Milhares em desespero por não poderem trabalhar ou por não poderem ir para as suas casas. Por isso resolvi fazer uma foto que dedico a todas as pessoas que sofreram nesse dia.  O título dela é “Manhattan Paulista”, uma justa homenagem a cidade que nos acolhe e nos sustenta, apesar dos desmandos das autoridades e agora, dos malditos sindicatos. Arriba Sampa!

Picture by Franklin Nolla.


A classe C vai ao Paraíso.

Aqui moram as pessoas que estão movimentando a economia do Brasil. Parabéns . Parabéns pela ascensão social. Parabéns por acreditarem em um futuro melhor.

Picture by Franklin Nolla.


SP 458. Ame-a ou deixe-a.

Essa estória de que São Paulo é uma cidade que só serve para se ganhar uma grana e cair fora é uma das maiores sacanagens  que uma certa parte dos habitantes predadores fazem aqui. Tá certo que a cidade é violenta ( e qual não é?), tem enchentes, o transporte público é deficiente e outras mazelas mais…… Para quem teve a sorte de nascer aqui, a minha cidade mãe tem que ser venerada, amada e bem cuidada. Quando você , cidadão que ama a sua cidade, avistar algum (a) babaca jogando lixo na rua ou depredando bens públicos ou  pichando paredes, esclareça a esse pobre de espírito, que ele está contribuindo para os entupimentos das bocas de lobo e pela degradação da cidade. Essa atitude faz com que o idiota se toque e passe a perceber que a vitima é ele mesmo pois vai padecer no transito ou pior, contrair a terrível Dengue. Isso só pode ser combatido com informação , educação e cidadânia. Que tal , srs governantes, fazer uma campanha de valorização da cidade e dos seus espaços públicos. A São Paulo  das oportunidades de negócios e que recebe todos  de braços abertos não pode ser mal amada como fazem  a maioria das pessoas que vivem aqui. Caetano Veloso , Tom Jobim, Tom Zé (citando os mais famosos )  fizeram músicas que dedicam o amor dos “estrangeiros” pela cidade. Viva São Paulo, 458 anos. Aprenda a amá-la.

Picture by Franklin Nolla-    Represa de Guarapiranga- da série – São Paulo também é linda.


Está com grana, então voe!

Se você estiver com um pouco de grana sobrando, tenha uma experiência fantástica. Faça um vôo de helicóptero sobre a cidade de São Paulo. Leve uma boa câmera e se delicie. É bárbaro ter a oportunidade de conhecer melhor a sua cidade,  vista do alto e sem congestionamento de automóveis. Faz bem para o corpo e para a alma. Informações no Campo de Marte via Google.

Photo by Franklin Nolla da série “São Paulo também é linda”- Ferrorama.


Autorama.

Estou tentando voltar a minha rotina . Daí tenho  um presente para os Paulistanos que tanto amam os automóveis……Uma foto  da série São Paulo também é linda.

foto: Franklin Nolla.


Já pensou se o Itaquerão fosse aqui?

 

 

 

 

 

 

 

Não tenho nada contra o estádio do  Corinthians ser em Itaquera. Acho que vai ser muito bom para desenvolver  a região e torço para isso. Mas, cá prá nós, seria um grande barato se fosse ao lado do cartão postal de São Paulo, a Ponte Estaiada. Já que se vai gastar uma puta grana para fazer o estádio, a prefeitura que sempre dá um jeitinho, podia desapropriar algumas áreas perto desses campos de futebol e ceder para a maior torcida de São Paulo se deleitar com um belo campo pertinho da marginal do rio Pinheiros. Querer é poder.

foto- Maluco Beleza, ops, eu.

 


O que restou de um sonho.

Uma vez por mês, o velho Gaeta lotava de pessoas  a  Kombi de entrega dos guarda-chuvas de sua fábrica, para levar os seus filhos e o amigo deles , no caso eu,  para ver os aviões pousando em Congonhas. Era um grande barato chegar ao segundo piso do aeroporto, onde havia um mirante para as pessoas observarem   o movimento dos aviões nos incessantes pousos e decolagens . Fazíamos uma aposta para ver quem  sabia mais e quem conhecia mais sobre os diversos modelos das aeronaves. O Yopa, o  Arnaldinho,  sempre ganhava. Sabia de tudo e de todos. Não deixava brecha para o agregado ganhar uma só vez.Que porre….hein! E  que coisa boa. A minha imaginação permitia devaneios de que um dia quando eu crescesse, eu poderia viajar  de avião para conhecer  várias partes do mundo. Mal sabia que a minha profissão (fotojornalista) no futuro iria permitir isso. Foi um sonho que se materializou.Até hoje fico muito grato ao  “little”, o velho Gaeta, por ter me dado a oportunidade de sonhar  em viajar no Caravelle, no Electra, no Avro, no Samurai, no BAC One Eleven , no DC8, no Boeing 707, no Jumbo e nos aviões mais recentes.

Hoje a realidade é outra.Fico com dó das crianças por não poderem sentir o que eu senti. Não existe mais o mirante,  o  que tem é um mínimo cantinho ao lado do restaurante outrora panorâmico, disputado ferrenhamente por alguns pais nostálgicos como eu, para mostrar um pouquinho aos seus filhos,  o antigo glamour do romântico Aeroporto de Congonhas, nem que seja por pouco segundos, que é  o que se consegue ver no pequeno raio de visão. Tudo é muito rápido. Tudo é fugidio. Os espaços são pequenos. Os lucros são grandes. O sucateamento dos aeroportos esta aí para todo mundo ver. Agora vem a Copa de Futebol e as Olimpíadas. Tudo será reformado e ampliado a peso de ouro. Muita grana vai rolar. Mas o que me interessa é saber se algum arquiteto ou  engenheiro projetista vai pensar em construir  algum mirante, algum espaço para se poder  visualizar as operações? Aposto que não… porque eles não tiveram  a oportunidade de conhecer o velho Gaeta para leva-los  a ver os aviões.

foto-Franklin Nolla.


Maior que Manhattan.

Como um piloto frustrado, só me resta parabenizar a cidade de São Paulo que ultrapassou Manhattan, NY, USA na quantidade de helicópteros utilizados  na Capital Paulista. São mais de 500 aeronaves circulando sobre as nossas cabeças. Como sou apaixonado pelas cadeiras voadoras, que custam entre R$ 700 mil a R$ 3 milhões, e não tenho grana sequer para trocar o carro, fico cavando sempre uma oportunidade para voar, visto que sou um especialista em clicar fotos aéreas profissionais. Graças a Deus , tenho clientes  que me contratam para fotografar e filmar  as suas empresas. Para mim , é sempre um prazer e divertimento, trabalhar com esse tipo de imagem. As vezes pratico uma relação custo-benefício muito favorável aos empresários, só para poder ter o imenso prazer de voar. Para mim duas coisas não tem limites- o céu e as as altas montanhas. O som do motor/rotor  da aeronave e os sinais de “fasten seat belts” sempre causam  um grande “frisson”…. A cadeira voadora saindo do solo de lado, é um grande barato… Pena que acabe tão rápido. (geralmente 1 hora)…

foto-Franklin Nolla.

 

 

 


Una giornata particolare. Larguei a mamma no quarto e fui ao cinema.

 Ontem eu não estava mais aguentando a rotina hospital/casa/hospital. Resolvi deixar um pouco de lado as agruras da vida e resolvi ir ao cinema. Fui ver o filme “Um dia muito especial ” da retrospectiva do grande diretor italiano Ettore Scola, na Cinemateca Paulista. No caminho, enquanto estava no táxi, comecei a ler matérias sobre o  festival de Cannes.No final de 2010 estive fotografando por lá e lembrei dos bons momentos de um jantar  a beira mar, perto do Palácio das Exposições onde acontece o famoso festival. Comi em um bistrô muito charmoso, com boa comida e preços razoáveis para a Riviera Francesa. Em algum momento, durante o dia, fiz algumas fotos da Gabi  em frente ao Palácio do Cinema. Por alguns minutos, senti o frisson causado pelas tietes e fãs da sétima arte. Uma quantidade enorme de pessoas vieram perguntar quem era aquela “artista” que eu estava fotografando. “Tres belle”, “tres jollie” eram os constantes adjetivos endereçados a bela Gabriela. Como se fossem formigas no mel, a “muvuca” se formou em um piscar de olhos. Tratei de clicar rápidamente e sai  ligeiro de cena”a francesa”, pois ainda tinha um bom pedaço de dia para trabalhar ( no verão, no sul da França, escurece por volta das 22 hs) . De repente o motorista do táxi falou um palavrão para um outro motorista e voltei a realidade de Sampa. Pouco tempo depois, fiquei imaginando como deve ser o assédio do público aos artistas  na entrada do Festival de Cinema de Cannes. Robert de Niro, Woody Allen, Penélope Cruz, Brad Pritt , para citar os mais importantes, devem passar por maus bocados quando desfilam em frente a turba consumista. Histeria,  flashes, gritos, risadas nervosas, tentativas de toque, devem molestar bastante os caras. Chôôôô… Prefiro estar atrás das câmeras.

Voltando a Cinemateca, assisti ao filme e fiquei pasmo com a aula de interpretação dada pelo Marcello Mastroianni e pela Sophia Loren. Praticamente atuaram em um Cineteatro, segurando a atenção do espectador , do principio ao fim , isso sem contar com a beleza dos dois atores. E por falar nisso, duvido que o casal Smith, Angelina Jollie e Brad Pitt , consigam segurar um filme só no talento da interpretação…Never… A direção do Scola é também magistral. Para mim, ele é  um dos grandes mestres. Reunir esses “monstros do cinema” , com tanto talento,  acredito que nunca mais será possível. É como a dobradinha Pelé e Coutinho, Lennon e McCartney.

Para os  que gostam  de cinema, ainda restam 4 raras oportunidades para  se ver a grande obra de Ettore Scola. Duas sessões hoje e duas amanhã (sábado) na Cinemateca Paulista.Consultem os horários.

foto-Franklin Nolla.


Não é maquete. Não é 3D.Não é lego…..É Sampa!

    Já pensou se a cidade fosse planejada dessa maneira. Seria um dos melhores lugares  do mundo  para se viver. O aglomerado de prédios bacanas fica na zona sudoeste de São Paulo, bem perto da marginal do rio Pinheiros. Show né.

foto-Franklin Nolla – da série “São Paulo também é linda” .


Um rock progressivo no Espaço. Uma espetacular homenagem a Yuri Gagarin.

Assistam a esse vídeo  de um dueto de flautas entre a astronauta Cady Coleman, direto da Estação Espacial Internacional e do dinossauro do rock, Ian Anderson, lider do Jethro Tull , aqui na Terra. É uma homenagem sensacional aos 50 anos da ida do primeiro homem ao Espaço.

O poster abaixo foi publicado na ex União Soviética, algumas semanas após o feito histórico de Yuri Gagarin, ao orbitar a Terra por duas horas, no dia 12 de Abril de 1961. Reparem na qualidade da imagem que serviu de ícone para a propaganda soviética na exploração espacial.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A foto abaixo simboliza a minha homenagem ao grande cosmonauta russo que  impulsionou  a minha imaginação a querer um dia viajar pelo  Espaço  Sideral, ( desde que eu era criança ),  e que me fez  ser apaixonado  por aviação e vôos espaciais.  Modestamente,  de pouca altitude, fiz um vôo de helicóptero  na semana passada para atender a um cliente ,  e ao sobrevoar a  represa de Guarapiranga, eu fiz esse click  para mostrar que a cidade onde nasci, também é bonita e que me dá orgulho de ser um cidadão Paulistano . Ame São Paulo, não menospreze a cidade onde você ganha o sustento da sua vida.

foto: Franklin Nolla.



O novo cartão postal de São Paulo.

Do alto, só  poucos privilegiados viram  essa imagem. Em breve nas telas das TVs e revistas da cidade e óbviamente nos cartões postais.

foto-Franklin Nolla.


Extra! Extra! O novo Estádio do Corinthians.

Bem no meio da foto, um pouco mais a esquerda, ao lado do centro de treinamento do alvinegro  e vizinho de um conjunto de prédios,  há um descampado. Aí será construído o novo estádio do Corinthians para sediar o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, aqui em Itaquera, São Paulo.Essa informação  foi  passada pelo piloto do helicóptero que eu estava utilizando para fazer umas fotos aéreas na região. Na época , deveria ter pego um financiamento bancário para comprar alguns terrenos da região. Hoje eu estaria meio rico. Tem em um ditado que diz que quem trabalha não tem tempo para ganhar dinheiro, eu padeço  desse mal. Sorte dos políticos e espertalhões que já devem ter tudo dominado.

foto-Franklin Nolla.


Pratos bem frugais para o verãozaço que está aí.

Nada melhor do que comer um prato bem saboroso e com alimentos bem fresquinhos para fazer frente a esse calorão  Saárico que está assolando Sampa nesse ínicio de ano. Essa foto eu fiz recentemente em Barcelona em um local chamado Taberna del Bisbe (do bispo) que fica na parte antiga da cidade, perto das ruínas romanas. Na realidade essa deliciosa salada faz parte de  um combo comercial servido para  os catalães que trabalham nos arredores da taberna. Por apenas 11 euros, quase um milagre em se tratando da Europa, pode-se comer muito bem. Primeiro é servido um pãozinho com manteiga, depois vem  essa salada que tem camarões, vieiras, mariscos e kani kama, misturados com folhas verdes, radichio, tomates, pimentões verdes, azeitonas e tirinhas de cebola, regados com um molho especial de ervas finas. Depois vem um segundo prato com uma pescadinha grelhada acompanhada por batatas sauté e cebolinhas. Finalmente um helado de melocoton (sorvete de pêssego) com calda de chocolate e de quebra para beber, uma coca bem gelada. Só posso dizer que pirei com a comida e com o serviço simpático oferecido  pelas garçonetes  que me atenderam. Tudo muito simples e de dar água na boca. Tá aí uma boa sugestão de cardápio para o nosso alto verão.

foto-Franklin Nolla.


Sampa no coração de um Paulistano.

 Amanhã começa mais um ano de trabalho  na  maior e mais caótica cidade do hemisfério sul. As reclamações de sempre surgirão. Os impostos , as filas, a violencia e outras mazelas mais…aumentarão. Muita gente vai blasfemar e lamentar não ter ido embora dessa cidade no ano de 2010……quem sabe em 2011 isso aconteça…… Mas para quem ficou na cidade nas festas natalinas e de final de ano, como eu,  não se arrependeu. A cidade ficou maravilhosa, tudo funcionou bem(exceção aos feriados quando tudo estava fechado) o congestionamento de transito acabou, as filas sumiram e etc….Algumas milhares de pessoas a menos  e a cidade virou um oásis de calma e tranquilidade, ou seja,  sem grandes devaneios de estudos sociológicos, o  grande problema é a superpopulação e a superlotação de tudo, como a maioria já sabe. Como é inexorável a volta de todas as pessoas, seria bom se pelo menos prolongássemos  mais um pouco,  a sensação de bem estar e  da felicidade de viver em São Paulo,  que é boa  e bacana prá caramba, e enxergar com  admiração e carinho  a imperfeita cidade onde vivemos.


Boas novas em Sampa

Não sei se vocês já notaram que  a qualidade de vida em São Paulo está  mudando um pouco  para melhor, embora  homeopaticamente. Tenho visto mais policiais nas ruas; a poluição visual também melhorou; vi faixas pintadas nos cruzamentos com os dizeres vida e uma imagem de um ciclista ao lado, alertando os motoristas de veículos automotores para tomar mais cuidados nos cruzamentos; os caminhões vão deixar alguns trechos das marginais e da av Bandeirantes; motos só na pista local das marginais; novas estações do Metrô ,  o controverso Controlar,  o novo projeto belezura e outros quetais …

Quero frisar que não sou cabo eleitoral dos atuais governantes,  não  curto eles , não gosto do partido deles,  mas alguma coisa de bom  eles  estão fazendo.

foto-Franklin Nolla.


Cidade Limpa está começando a ficar suja.

Li outro dia nos jornais que a lei do Cidade Limpa do Kassab está paulatinamente sendo desobedecida. A fiscalização parece estar afrouxando e o que se vê são os cartazes e placas dos estabelecimentos comerciais aumentando de tamanho. É lamentável. Achei essa foto tirada um pouco antes do advento da lei. Até que de noite, as placas iluminadas e os outdoors, davam um efeito luminoso legal na paisagem. E a luz do dia? Aí é que o bicho pegava. Centenas  de estruturas de metal para acondicionar as placas  publicitárias e a desprogramação visual na ruas e avenidas da cidade causavam um incômodo e mal estar nas pessoas que circulavam por esses locais , alem de prejudicar a natureza com o corte absurdo de árvores para nutrir a indústria do papel e celulose e estressar visualmente o cérebro  dos passantes, tamanha era a quantidade enorme de informações visuais que deixavam  a gente meio tonto.Isso não pode voltar. Bem, está dado o sinal de alerta para a Prefeitura de São Paulo não esmorecer em relação a  boa lei.Intensifiquem a fiscalização.

foto-Franklin Nolla.


Franklin Nolla Fine Art Digital Gallery – Post 2

Banco do Brasil X Edificio Martinelli – centro de São Paulo.Av. Paulista. SP.Av.São João.SP.Ed. Martinelli.S.P.Edifício no viaduto Maria Paula. S.P.

Essa é a segunda série de 5 fotos sobre São Paulo da galeria. A primeira série sobre o Mustang- Nepal foi postada no blog há uma semana atrás. O autor

e´Ismar de Almeida e o preço é de R$ 150,00 , tamanho 30X40 cm, montada em foam board e enviada por Sedex.

contato da galeria- 11 9979-5121.


São Paulo também é bonita. City Lights.

Tirei esse click na confluência da av. Nações Unidas com a av. dos Bandeirantes. Imagine se ali houvesse um belo parque como Nova Yorque, Londres ou Paris, com barzinhos na beira do rio, música ao vivo e com uma bela namorada (o), se deliciando com uma bela noite de lua cheia (um pouco aumentada por mim). Que lugar bacana  e romântico poderiamos ter em São Paulo. Se os nossos políticos quisessem , ficaria viável fazer.

foto-Franklin Nolla.


O Tâmisa brasileiro.

Como muita gente sabe, o Tâmisa em Londres,  era um rio muito poluído e práticamente morto há algumas décadas atras. Isso acarretava uma desvalorização grande dos terrenos e construções da área. Hoje, após a despoluição, é um dos lugares mais valorizados comercialmente da capital inglesa, além de ser um cartão postal da cidade.

A idéia de despoluir o rio Pinheiros e proporcionar a cidade de São Paulo uma nova área verde com um belo paisagismo e benfeitorias para aumentar o lazer dos paulistanos é bem antiga e nunca vingou. Não sou um expert no assunto e nem sei  quais são os entraves políticos e econômicos para a realização da obra. Simplesmente estou escrevendo baseado nessa bonita foto que eu fiz há  pouco tempo.O visual é agradável , mas o que atrapalha  é o odor que emana do rio.A valorização comercial da região é um fato, basta prestar atenção nos prédios em construção. Sei que é um sonho , mas  se os ingleses fizeram, por que não podemos fazer?

A economia do Brasil está passando por um momento bom e favorável. A classe política está agitada com as próximas eleições. O pré-sal, a Copa do Mundo e as Olimpíadas estão na mira das atenções da população.

A boa idéia está lançada.

Yes, we can.

foto-Franklin Nolla.


São Paulo também é bonita.

Sem pieguice. Tente algum dia, quando você estiver se deslocando pela cidade de São Paulo, dar uma paradinha de 5 minutos no seu trajeto e apreciar um pouco algo de bom e bonito que a cidade oferece. Pode ser um prédio, uma praça , uma padaria, uma escultura, umas moças bonitas andando na Lorena, um Café, um pastel de feira, seja lá o que for, dê uma pausa na correria e curta por poucos minutos um pouco da sua vida cotidiana. Faz bem para o coração e para a alma. Quando eu vou para o meu trabalho, as vezes eu desvio de uma grande avenida congestionada, e paro um pouquinho na praça do Por-do-Sol. Um olho na paisagem e um olho na segurança. Se tem algumas pessoas na praça , eu paro. Se nåo tem, me mando. É sempre bom admirar as árvores que dão uma maioria verde na paisagem cinza e monótona. É um bom programinha.

foto-Franklin Nolla.