All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Tom Jobim

SP 458. Ame-a ou deixe-a.

Essa estória de que São Paulo é uma cidade que só serve para se ganhar uma grana e cair fora é uma das maiores sacanagens  que uma certa parte dos habitantes predadores fazem aqui. Tá certo que a cidade é violenta ( e qual não é?), tem enchentes, o transporte público é deficiente e outras mazelas mais…… Para quem teve a sorte de nascer aqui, a minha cidade mãe tem que ser venerada, amada e bem cuidada. Quando você , cidadão que ama a sua cidade, avistar algum (a) babaca jogando lixo na rua ou depredando bens públicos ou  pichando paredes, esclareça a esse pobre de espírito, que ele está contribuindo para os entupimentos das bocas de lobo e pela degradação da cidade. Essa atitude faz com que o idiota se toque e passe a perceber que a vitima é ele mesmo pois vai padecer no transito ou pior, contrair a terrível Dengue. Isso só pode ser combatido com informação , educação e cidadânia. Que tal , srs governantes, fazer uma campanha de valorização da cidade e dos seus espaços públicos. A São Paulo  das oportunidades de negócios e que recebe todos  de braços abertos não pode ser mal amada como fazem  a maioria das pessoas que vivem aqui. Caetano Veloso , Tom Jobim, Tom Zé (citando os mais famosos )  fizeram músicas que dedicam o amor dos “estrangeiros” pela cidade. Viva São Paulo, 458 anos. Aprenda a amá-la.

Picture by Franklin Nolla-    Represa de Guarapiranga- da série – São Paulo também é linda.


Fim de tarde cool, mixto de Chet Baker com Pão de Açucar.

Estou agora ouvindo um cd espetacular  – “Chet Baker in Tokyo”- e revendo umas fotos que fiz há 2 meses no Rio de Janeiro com uma prosaica camêra amadora Panasonic. As fotos ficaram bem legais e vou mostrá-las em futuras postagens. Voltando ao assunto, escolhi essa imagem que mostra o balé dos veleiros suavemente deslizando sobre o mar da Baia da Guanabara e coincidentemente escutando  ” Retrato em Branco e Preto” ,  do mestre  Tom  Jobim.  Que beleza de som, 15:45 de puro cool  jazz da mais fina elegância,  apenas trumpete, piano, baixo e bateria. Uma aula de arranjo , ritmo  e improvisação. Uma verdadeira sala dos professores. O disco foi gravado ao vivo no  Hitomi-Kinen-Kodo em Tokyio , no dia 14 de Junho de 1987.  Infelizmente o cd é importado, mas acho que se acha por aqui. Precisa garimpar. Já a  foto foi tirada por mim em um passeio  no final de 2010 e tem o título de ” Quase Azul”. Não precisa garimpar.

foto-Franklin Nolla.