All content @ by Franklin Nolla

Posts com tag “Vôo

Oooooô a inspiração voltou a inspiração voltou a inspiração voltou ooooô….

São Paulo by air 72 dpi

Após 100 dias sem motivação para escrever, fiz um sobrevôo sobre o centro da cidade de São Paulo. Dia gelado de inverno, céu azul de Brigadeiro , aeronave sem portas , mãos e nariz quase congelados , olhos lacrimejando de frio e  emoções revividas….enfim uma alegria infantil no coração e um calorzinho feliz na alma. Crises na reta final, inferno astral acabado e renovadas esperanças para o futuro. Qual o cenário ideal para acabar com a maré descendente ?  O mais simples  possível….. ver a cidade onde nasci pelo alto, realizar a paixão de voar,  a sensação de plena liberdade , o êxtase de ver o mundo de outra forma, de  outro ponto de vista,  os sentidos acelerados.  Um grande tesão…. . Bem, estou aqui de novo ,  de volta  para  poder compartilhar  com vocês as belezas da vida.

Obrigado, minha amada cidade!

picture by Franklin Nolla.

Anúncios

A “Big Apple” Paulistana.

A quarta feira foi insana para a maioria dos que vivem em São Paulo. Tudo por causa de uma greve imbecil dos metroviários. A cidade parou. O prejuízo foi enorme. Mas, para mim foi um dia bom. Vi a cidade toda de cima, sentado em uma” cadeira voadora “. Superei o receio de um novo sobrevôo.  Estava abalado com os últimos acidentes aéreos.  O destino quis que fosse assim. Milhares sofrendo com o caos estabelecido. Milhares em desespero por não poderem trabalhar ou por não poderem ir para as suas casas. Por isso resolvi fazer uma foto que dedico a todas as pessoas que sofreram nesse dia.  O título dela é “Manhattan Paulista”, uma justa homenagem a cidade que nos acolhe e nos sustenta, apesar dos desmandos das autoridades e agora, dos malditos sindicatos. Arriba Sampa!

Picture by Franklin Nolla.


Uma tragédia difícil de ser entendida.

O helicóptero que caiu em Goiás é da  marca Agusta-Westland, fabricante do modelo da foto abaixo. O que caiu é um Koala AW 119MK2 . Não sou perito e nem estudioso de acidentes aéreos, mas tem algo que  me intriga no acidente que ceifou a vida de 8 pessoas, a maioria delegados de Polícia. Como pode acontecer a queda de uma aeronave em bom estado, com poucas horas de voô , voando em um céu “azul de brigadeiro”?  Imagino que as respostas mais fáceis sejam ” Foi uma fatalidade”, “Foi imperícia do piloto”, “Foi uma falha mecânica”, ” Foi uma falha na manutenção” e mais uma fieira de “Foi ..sss”. Um pouco do que conheço e algo dentro de mim  sinaliza que  foi um pouco a mais do que uma fatalidade. Acho que algo extra aconteceu e não tenho a menor idéia do que teria ocorrido. Já voei a trabalho em várias aeronaves e nunca senti medo ou achei que a “cadeira voadora pudesse cair”. A  responsabilidade e a competência dos pilotos em checar as normas de segurança de uma aeronave é bem grande e nesse caso, por ser um agente de segurança, mais ainda. Eu sempre tive a sorte de voar com pilotos extremamente competentes (esmagadora maioria) que primavam pela segurança e como leigo, eu sempre senti que as máquinas sempre estavam ” bem a mão” dos pilotos e  os  rotores  delas soavam sempre bem afinados. No meu último vôo, que foi no ano passado, o piloto viu a aproximação de vários urubus e  habilmente mudou de rota.  Foi difícil para mim enxergá-los, mesmo ele apontando onde os ditos cujos estavam. Para ele, foi uma coisa rotineira, demonstrando uma boa acuidade visual.  O estado da maioria das aeronaves que voei eram impecáveis. Via de regra, a maioria dos  pilotos não arriscam a própria vida e a vida dos passageiros por algum fator de  negligência. O imponderável só entra em ação quando as normas de segurança são  desrespeitadas em qualquer procedimento para realizar um vôo, desde a manutenção preventiva , o plano de vôo e  até as  condições meteorológicas.  Daí, para o acidente é só um passo.   Por isso… ainda quero voar muito na minha vida…..  fazer muitos vídeos e muitas fotos…..dependo só de me contratarem e de que as aeronaves e pilotos estejam de acordo com as normas de segurança, porque voar é o máximo….

Picture by Franklin Nolla.


Está com grana, então voe!

Se você estiver com um pouco de grana sobrando, tenha uma experiência fantástica. Faça um vôo de helicóptero sobre a cidade de São Paulo. Leve uma boa câmera e se delicie. É bárbaro ter a oportunidade de conhecer melhor a sua cidade,  vista do alto e sem congestionamento de automóveis. Faz bem para o corpo e para a alma. Informações no Campo de Marte via Google.

Photo by Franklin Nolla da série “São Paulo também é linda”- Ferrorama.